pt-pt

A Jardinagem faz bem à saúde!

jardinage_jardinagem_gardening_02

Iniciar-se à jardinagem ou cultivar os seus próprios legumes é mais do que uma tendência, é sinal de uma evolução positiva no nosso pensamento: uma maior consciência ambiental e preocupação com a sua preservação, mais atenção quanto à origem do que comemos e respetiva atenção para com a nossa saúde. Sabia que a jardinagem pode aumentar a satisfação pessoal, as capacidades cognitivas e sociais aumentando o bem-estar físico e mental? Pois é, ao que parece a jardinagem faz mesmo bem à saúde!

 

A Jardinagem é saudável por natureza.

A Jardinagem requer tempo passado ao ar livre, bem como uma quantidade razoável de atividade física. Fonte inesgotável de prazer, só quem já plantou sabe o orgulho que sentimos ao ver um jardim florido fruto do nosso trabalho ou a alegria de servir à família ou amigos os legumes cultivados por nós. Num mundo cada vez mais acelerado, onde passamos horas conectados em computadores ou telemóveis tendemos a desvincular-nos do mundo exterior, do nosso meio ambiental e social.
O entusiasmo de redescobrir as diferentes estações do ano e suas características, dar o devido valor aos recursos naturais como o sol ou a chuva, aprender a respeitar o tempo, não só nos conecta com o lado mais simples e belo da vida como ainda nos proporciona uma ação mais ecológicas e de consciência ambiental!

Hoje, não só a ciência como professores, terapeutas ou cuidadores têm provas dadas sobre o valor e poder que um contacto frequente com a Natureza pode ter para os seus pacientes ou alunos e recorrem à jardinagem como ferramenta para aumentar o bem-estar e o desenvolvimento pessoal e da aprendizagem.

Além de treinar a paciência e persistência, colher aquilo que plantamos pode contribuir para um aumento da nossa autoconfiança e autoestima. Combate o sedentarismo e promove alguma atividade física ao ar livre que cativar a atenção dos mais irrequietos ou desmotivados. A horticultura pode ser utilizada como uma terapia complementar no tratamento de doenças físicas e mentais. Prática comum em países como os EUA ou Canadá a jardinagem é já prescrita pelo serviço nacional de saúde inglês e em alguns países do norte da Europa. Workshops elaborados e liderados por profissionais podem devolver a confiança a pessoas que enfrentam momentos emocionalmente mais difíceis, num espaço relativamente seguro, a horticultura ensina a cuidar não só das plantas, mas também de nós mesmos.

 

jardinage_jardinagem_gardening_01

 

Uma atividade para todos.

Com uma população urbana em constante crescimento, damos cada vez mais valor à integração da Natureza nas grandes cidades. Áreas verdes e cultivadas proporcionam não só algum alívio visual na paisagem urbana, mas permitem combater a poluição, reduzir os efeitos das ilhas de calor, aumentar a biodiversidade e criar espaços de convívio e cooperação.

A Agricultura Urbana, por exemplo, é uma atividade que ganha cada vez mais adeptos. Paris, Berlim ou Nova Iorque são capitais bandeira deste movimento, tendo cada vez mais iniciativas publicas e privadas de espaços cultivados em plena cidade. Em paralelo, a prestação de serviços e as soluções disponíveis nesta área são cada vez mais sofisticados com produtos e informação adaptadas à realidade urbana. Basta ver como o número de blogs, páginas do Facebook ou contas de Instagram dedicadas ao tema aumentou nos últimos tempos.

Se quer experimentar não tenha medo, já sabe que lhe fará bem à alma e ao coração. Reserve um tempinho, arrisque e, sobretudo, divirta-se!

horta_em_casa_potager_balcon_vegetable_garden
Kit Horta em Casa

Tudo o que precisa para começar a cultivar.

SAIBA MAIS SAIBA MAIS

Ficou interessado?

Receba as novidades do nosso blog e descubra todos os casos de sucesso